ana_cristina_haja_manha.jpg
celeste_martins_cais_da_gilao.jpg
ruben-silva-acordar-na-gilao.jpg
fernando_jose_coliseu_da_musica.jpg
jorge_sampaio_do_lado_de_ca.jpg

António Eusébio acusa governo de “ignorar” problema “gravíssimo” do desemprego

António EusébioO presidente do PS Algarve, António Eusébio, acusou o governo de coligação PSD/CDS-PP de estar a comprometer seriamente o futuro dos portugueses, lembrando que o governo “ignora” o problema “gravíssimo” do desemprego no Algarve.

“Somos a região onde o desemprego atinge a taxa mais elevada do país, mas o governo ignora este facto gravíssimo, que afeta milhares de famílias”, afirmou o dirigente socialista, na sexta-feira, em Faro, durante um convívio que contou com a presença do secretário-geral do PS, António José Seguro.

 

“Vivemos tempos muito difíceis, sentimos dia após dia que estamos no período mais negro do nosso tempo e todos receamos o futuro, com o avanço do desemprego, da pobreza, da fome e da exclusão social”, referiu o líder regional do PS, reclamando respostas específicas e ajustadas à realidade do Algarve, de forma a combater a “asfixia económica e social provocada por medidas repressivas”.

António Eusébio criticou fortemente o governo “pela total indiferença” com que trata questões cruciais para a região algarvia, tendo sublinhado, como exemplo, a exclusão do Algarve de um dos mais emblemáticos programas de incentivo ao emprego lançado pelo executivo.

“Não tivéssemos sido nós a reclamar pela aplicação da medida do «Impulso Jovem» e esta não teria sido aplicada na nossa região”, recordou o líder regional do PS, para criticar o “silêncio a que se remete o governo sobre esta e outras questões preocupantes para os algarvios”, como o fim das isenções nas portagens na Via do Infante, o impacto da respetiva introdução na economia regional e os efeitos da diminuição do tráfego na referida via, na ordem dos 60%, que continuam por revelar.

A suspensão de obras estratégicas, como a requalificação da EN 125, a circular do Aeroporto de Faro enquanto «anel» de extrema importância para a capital algarvia, e o Hospital Central do Algarve, foram outros exemplos da “má gestão do atual Governo” apontados pelo líder regional do PS, que acusa o primeiro-ministro de “não falar aos algarvios”.

“Os algarvios precisam de saber que há outro caminho, que permita voltar a sonhar e transformar os sonhos em realidade. Uma realidade com igualdade de oportunidades para todos”, realçou Eusébio, dirigindo-se ainda aos “protagonistas” que irão disputar a próxima campanha eleitoral, nomeadamente os candidatos à presidência de câmaras e assembleias municipais, juntas e assembleias de Freguesia.

“O Algarve precisa de projetos autárquicos sustentáveis, de programas políticos mais rigorosos, que transmitam confiança aos nossos munícipes, valorizem o território, impulsionem o crescimento económico e ofereçam mais qualidade de vida às populações”, sublinhou, para garantir que o PS responderá aos atuais desafios, continuando a trabalhar e a investir nas pessoas.

fonte/diarionline

Faixa publicitária

Emissão em Directo (player 1)

Emissão em Directo (player 2)

Podcast by facebook

Facebook Rádio Gilão

Consultório do consumidor

Faixa publicitária

Podcast

Publicidade

Faixa publicitária

Contacte-nos

Largo de Santa Ana nº 1 - Tavira

 

8800-701 TAVIRA

 

Tel: +351 281 320 240

 

Fax: +351 281 325 523

 

Email: radiogilao@net.vodafone.pt

Siga-nos

facebook twitter instagram
youtube linkedin

Utilizamos cookies no nosso website para melhorar o desempenho e a sua experiência como utilizador. Para saber mais sobre os cookies que usamos e como apaga-los, consulte nossa Politica de cookies.

Aceitar cookies deste site.