ana_cristina_haja_manha.jpg
celeste_martins_cais_da_gilao.jpg
ruben-silva-acordar-na-gilao.jpg
fernando_jose_coliseu_da_musica.jpg
jorge_sampaio_do_lado_de_ca.jpg

António Eusébio acusa governo de “ignorar” problema “gravíssimo” do desemprego

António EusébioO presidente do PS Algarve, António Eusébio, acusou o governo de coligação PSD/CDS-PP de estar a comprometer seriamente o futuro dos portugueses, lembrando que o governo “ignora” o problema “gravíssimo” do desemprego no Algarve.

“Somos a região onde o desemprego atinge a taxa mais elevada do país, mas o governo ignora este facto gravíssimo, que afeta milhares de famílias”, afirmou o dirigente socialista, na sexta-feira, em Faro, durante um convívio que contou com a presença do secretário-geral do PS, António José Seguro.

 

“Vivemos tempos muito difíceis, sentimos dia após dia que estamos no período mais negro do nosso tempo e todos receamos o futuro, com o avanço do desemprego, da pobreza, da fome e da exclusão social”, referiu o líder regional do PS, reclamando respostas específicas e ajustadas à realidade do Algarve, de forma a combater a “asfixia económica e social provocada por medidas repressivas”.

António Eusébio criticou fortemente o governo “pela total indiferença” com que trata questões cruciais para a região algarvia, tendo sublinhado, como exemplo, a exclusão do Algarve de um dos mais emblemáticos programas de incentivo ao emprego lançado pelo executivo.

“Não tivéssemos sido nós a reclamar pela aplicação da medida do «Impulso Jovem» e esta não teria sido aplicada na nossa região”, recordou o líder regional do PS, para criticar o “silêncio a que se remete o governo sobre esta e outras questões preocupantes para os algarvios”, como o fim das isenções nas portagens na Via do Infante, o impacto da respetiva introdução na economia regional e os efeitos da diminuição do tráfego na referida via, na ordem dos 60%, que continuam por revelar.

A suspensão de obras estratégicas, como a requalificação da EN 125, a circular do Aeroporto de Faro enquanto «anel» de extrema importância para a capital algarvia, e o Hospital Central do Algarve, foram outros exemplos da “má gestão do atual Governo” apontados pelo líder regional do PS, que acusa o primeiro-ministro de “não falar aos algarvios”.

“Os algarvios precisam de saber que há outro caminho, que permita voltar a sonhar e transformar os sonhos em realidade. Uma realidade com igualdade de oportunidades para todos”, realçou Eusébio, dirigindo-se ainda aos “protagonistas” que irão disputar a próxima campanha eleitoral, nomeadamente os candidatos à presidência de câmaras e assembleias municipais, juntas e assembleias de Freguesia.

“O Algarve precisa de projetos autárquicos sustentáveis, de programas políticos mais rigorosos, que transmitam confiança aos nossos munícipes, valorizem o território, impulsionem o crescimento económico e ofereçam mais qualidade de vida às populações”, sublinhou, para garantir que o PS responderá aos atuais desafios, continuando a trabalhar e a investir nas pessoas.

fonte/diarionline

Faixa publicitária

Emissão em Directo (player 1)

Emissão em Directo (player 2)

Podcast by facebook

Facebook Rádio Gilão

Consultório do consumidor

Faixa publicitária

Podcast

Publicidade

Faixa publicitária
Faixa publicitária

Contacte-nos

Largo de Santana nº 1 - Tavira

 

8800-701 TAVIRA 

 

Tel: +351 281 320 240

 

Fax: +351 281 325 523

 

Email: radiogilao@net.vodafone.pt

Siga-nos

facebook twitter instagram
youtube linkedin

googleplus

 

Utilizamos cookies no nosso website para melhorar o desempenho e a sua experiência como utilizador. Para saber mais sobre os cookies que usamos e como apaga-los, consulte nossa Politica de cookies.

Aceitar cookies deste site.